Just a Minute by Yuyi Morales/Só um minutinho tradução Ana Maria Machado

Só um minutinho tradução Ana Maria Machado

Quando a Vovó Carocha acordou de manhã ouviu batidas na porta. E esperando lá fora, puxa vida, ela viu o Senhor Esqueleto . O Senhor Esqueleto  ajeitou o chapéu. Mas que sujeito tão magro! Com um gesto, fez sinal para a Vovó Carocha. Estava na hora de ela ir embora com ele.

-Só um minutinho, Senhor Esqueleto! – disse Vovó Carocha. – Eu já vou com você, mas antes tenho só que varrer uma casa. O Senhor Esqueleto  lembrou que tinha tempo sobrando aquele dia. Então resolveu esperar. – Uma casa varrida – contou o Senhor Esqueleto, levantando da cadeira.

– Só um minutinho, Senhor Esqueleto! –  disse Vovó Carocha. Eu já vou com você mas antes tenho só que ferver dois bules de chá. O Senhor Esqueleto  suspirou. Esperar mais um pouquinho não fazia mal nenhum, afinal. -Dois bules de chá fervidos – contou o Senhor Esqueleto , e andou em direção à porta.

– Só um minutinho, Senhor Esqueleto! –  falou Vovó Carocha. – Eu já vou com você mas antes tenho só que fazer tortilhas com estes três quilos de farinha de milho. O Senhor Esqueleto  revirou os olhos. Ele às vezes precisava mesmo ter muita paciência. – Três pilhas de tortilhas – contou o Senhor Esqueleto, e botou o chapéu na cabeça.

– Só um minutinho, Senhor Esqueleto! –  falou Vovó Carocha  – Eu já vou com você mas antes tenho só que fatiar estas quatro frutas… O Senhor Esqueleto franziu a testa. Estava demorando mais do que ele esperava.

-Quatro frutas para uma salada – contou o Senhor Esqueleto, indicando que era hora de ir.

– Só um minutinho, Senhor Esqueleto! –  falou Vovó Carocha  – Eu já vou com você mas antes tenho só que derreter cinco queijos… O Senhor Esqueleto  batia com os dedos na mesa. Isso já estava passando dos limites!
– Cinco queijos derretidos – contou o Senhor Esqueleto, correndo para buscar o casaco da Vovó Carocha.

– Só um minutinho, Senhor Esqueleto! –  falou Vovó Carocha  – Eu já vou com você mas antes tenho só que cozinhar seis panelas de comida…O Senhor Esqueleto  levantou os braços e sacudiu as mãos. O que mais ele podia fazer?
– Seis panelas de comida cheirosa que deve estar uma delícia contou o Senhor Esqueleto, e ofereceu o braço a Vovó Carocha .

– Só um minutinho, Senhor Esqueleto! –  falou Vovó Carocha  – Eu já vou com você mas antes tenho só que encher sete pinhatas com balas e doces… O Senhor Esqueleto sacudiu a cabeça sem acreditar. Estava ficando tarde!
– Sete pinhatas cheias de balas – contou o Senhor Esqueleto,  e abriu a porta para Vovó Carocha  sair.

– Só um minutinho, Senhor Esqueleto! –  falou Vovó Carocha  – Eu já vou com você mas antes tenho só que arrumar esses oito pratos de comida na mesa… Chega! O Senhor Esqueleto  já não agüentava mais.
-Oito pratos de comida arrumados na mesa. Mas o Senhor Esqueleto  tinha perdido a conta. Estava ocupado demais esperneando e batendo os pés.

– Olhe só Senhor Esqueleto! – exclamou Vovó Carocha. – Lá vem os meus netos!
O Senhor Esqueleto  respirou fundo. Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito, nove. Nove netos lindos correndo pela porta adentro.

As crianças sentaram à mesa, cada uma em seu lugar. – Agora – disse Vovó Carocha -,  todos os meus convidados estão aqui, e juntos fazem dez.
Mas só se contavam nove convidados sentados em torno da mesa. – Vovó – protestaram as crianças -, cadê o convidado número dez?  – Aqui está ele – ela respondeu. – Dez.

O número dez, é claro, era o Senhor Esqueleto .

Estava na hora de comemorar o aniversário da Vovó Carocha. Quando o bolo chegou, todo aceso, Vovó Carocha  apagou as velas com um sopro que nem um furacão.

Quando a festa acabou, Vovó Carocha  beijou os netos, um por um. Então anunciou: – Estou pronta, Senhor Esqueleto ! Mas, puxa vida, onde estava o Senhor Esqueleto? Vovó Carocha só encontrou um bilhete.

Querida Vovó Carocha, Sua festa de aniversário foi um assombro! Eu nunca me diverti tanto. Não quero perder sua próxima festa por nada no mundo. Pode contar com isso.

Sinceramente, Senhor Esqueleto .

_____________________________________________________

Just a Minute by Yuyi Morales

When Grandma Beetle woke at dawn she heard a knock at the door, and oh my, waiting outside she found Señor Calavera. Señor Calavera tipped his hat. What a skinny gentleman! With a pass of his hand, he signaled to Grandma Beetle. It was time for her to come along with him.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just one house to sweep.” Señor Calavera remembered that he had extra time today he decided to wait. “Uno/one swept house” counted Señor Calavera, and he rose from his seat.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just two pots of tea to boil.” Señor Calavera sighed. Waiting a little longer wouldn’t hurt anybody after all.

“Dos. Two steaming pots of tea” counted Señor Calavera and he headed for the door.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just three pounds of corn to make into tortillas.” Señor Calavera rolled his eyes. He had to be very patient sometimes.

“Tres. Three stacks of tortillas” counted Señor Calavera and he put on his hat.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just four fruits to slice.” Señor Calavera frowned. This was taking more time then he had expected.

“Cuatro. Four fruits to make into salad” counted Señor Calavera, and he motioned that they should go.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just five cheeses to melt.” Señor Calavera tapped his fingers. This was getting out of hand

“Cinco. Five melted cheeses” counted Señor Calavera and he hurried to help Grandma Beetle  with her sweater.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just six pots of food to cook.” Señor Calavera threw up his hands. What else could he do?

“Seis. Six pots of delicious food” counted Señor Calavera and he offered Grandma Beetle his arm.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just seven pinhatas to fill with candy.” Señor Calavera shook his head in disbelief. It was getting late

“Sete. Seven pinhatas filled with candy” counted Señor Calavera and he held open the door for Grandma Beetle.

“Just a minute Señor Calavera!” Grandma Beetle said. “I will go with you right away, I have just eight platters of food to arrange on the table.” Enough! Señor Calavera could take no more.

Ocho eight platters of food set on the table, but Señor Calavera had lost count. He was too busy stomping on the floor.

“Oh look Señor Calavera!” Grandma Beetle exclaimed, “Here come my grandchildren”. Señor Calavera took a deep breathe. One, two, three, four, five, six, seven, eight, nine. Nueve. Nine beautiful grandchildren came through the door. The children sat at the table, everyone in his place.
“Now,” Grandma Beetle said, “all of my guests are here and together they make ten.” But the guests sitting at the table counted only nine. “Grandma!” the children protested, “Where is guest number ten?” “Here” she answered. Diez, number ten is of course Señor Calavera.

It was time to celebrate Grandma Beetle ’s birthday. When the birthday cake was all aflame Grandma Beetle blew out the candles with a gust like a hurricane.

When the party was over Grandma Beetle kissed her grandchildren one by one. Then she announced, “I am ready Señor Calavera.”

But oh my, where was Señor Calavera? Grandma Beetle found only a note

Dear Grandma Beetle, Your birthday party was a scream. I had fun like never before. I wouldn’t miss your next birthday for anything in the world, you can count on that. Sincerely yours, Señor Calavera

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s